Saiu! Veja calendário do PIS/Pasep 2023 proposto pelo governo

0
36

O Calendário do PIS/Pasep 2023 foi proposto pelo governo e já está disponível para consulta. O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) são programas criados com o objetivo de beneficiar trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos, respectivamente.

De acordo com o calendário proposto, o pagamento do PIS será iniciado em agosto de 2023 e será dividido em três parcelas, sendo a primeira no dia 7, a segunda no dia 14 e a terceira no dia 21. Já o pagamento do Pasep será iniciado em setembro de 2023 e também será dividido em três parcelas, sendo a primeira no dia 4, a segunda no dia 11 e a terceira no dia 18.

Os trabalhadores de empresas privadas que têm direito ao PIS podem consultar o calendário no site da Caixa Econômica Federal, enquanto os servidores públicos que têm direito ao Pasep podem consultar o calendário no site do Banco do Brasil. É importante destacar que o trabalhador deve estar cadastrado no PIS/Pasep para ter direito ao benefício.

Saiu! Veja calendário do PIS/Pasep 2023 proposto pelo governo
Fonte: Google

É importante lembrar que o calendário pode ser alterado pelo governo, portanto, é recomendável que os trabalhadores fiquem atentos a eventuais atualizações. Além disso, é importante que os trabalhadores verifiquem se estão cadastrados no PIS/Pasep e se preenchidos todos os requisitos para receber o benefício.

Calendário do PIS/Pasep 2023

De acordo com o calendário proposto para o PIS/Pasep 2023, o pagamento do PIS será iniciado em agosto e será dividido em três parcelas, sendo a primeira no dia 7, a segunda no dia 14 e a terceira no dia 21. Já o pagamento do Pasep será iniciado em setembro e também será dividido em três parcelas, sendo a primeira no dia 4, a segunda no dia 11 e a terceira no dia 18.

É importante lembrar que o calendário pode ser alterado pelo governo, portanto, é recomendável que os trabalhadores fiquem atentos a eventuais atualizações. Além disso, é importante que os trabalhadores verifiquem se estão cadastrados no PIS/Pasep e se preenchidos todos os requisitos para receber o benefício.

Quem vai receber o PIS/Pasep de 2023

O PIS (Programa de Integração Social) é destinado a trabalhadores de empresas privadas que têm carteira assinada e contribuem para a Previdência Social. Para ter direito ao benefício, os trabalhadores devem estar cadastrados no PIS há pelo menos cinco anos e ter renda mensal de até dois salários mínimos.

Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é destinado a servidores públicos federais, incluindo funcionários do Executivo, Legislativo e Judiciário, e também aos militares. Para ter direito ao benefício, os servidores públicos devem estar cadastrados no Pasep há pelo menos cinco anos e não possuir vínculo empregatício com empresa privada.

É importante lembrar que esses critérios podem ser modificados pelo governo, por isso é recomendável que as pessoas verificam seus direitos e atualizem seus cadastros regularmente.

Conclusão

Em resumo, o PIS/Pasep 2023 é um programa governamental destinado a beneficiar trabalhadores de empresas privadas e servidores públicos, respectivamente. O calendário proposto para o pagamento do PIS prevê o início em agosto de 2023, dividido em três parcelas e o Pasep inicia em setembro de 2023 também em três parcelas.

Para ter direito ao benefício, os trabalhadores devem estar cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e cumprir outros requisitos previstos pelo governo. É importante que os trabalhadores verifiquem se estão cadastrados e atualizados regularmente, e fiquem atentos a eventuais alterações do calendário e critérios de elegibilidade.

É importante ressaltar que essa informação é baseada na situação do conhecimento do modelo até 2021 e pode ser alterada pelo governo, é recomendável sempre se informar em fontes oficiais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here